Nova versão gera economia média de 6% em comparação com a opção ‘multiuso’

1596A Mercedes-Benz acaba de ampliar a sua linha de caminhões extrapesados com o cavalo mecânico Actros 2546 6×2 estradeiro para longas distâncias rodoviárias. Entre as novidades, estão o trem-de-força com o câmbio automatizado Mercedes PowerShift2 G281 de 12 marchas, com a última marcha direta, e o eixo traseiro sem redução nos cubos.

Conforme explica Tânia Silvestri, diretora de Vendas e Marketing Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil, o Actros ‘estradeiro’ proporciona uma economia média de 6% em comparação com a versão ‘multiuso’. “Além disso, devido ao menor número de componentes no eixo traseiro, sem redução nos cubos, os custos de manutenção são menores e o serviço é mais fácil e rápido, o que resulta em maior disponibilidade do caminhão para o trabalho”, afirma.

Outra novidade é a oferta do veículo na cor Azul Zircônio Metálico, que marca o início dessa nova fase do Actros no Brasil. A linha Actros 6×2 conta com duas configurações de trem-de-força, cada uma otimizada para atender a diferentes aplicações.

A cabina Megaspace com piso totalmente plano, suspensão a ar e câmbio automatizado sem pedal de embreagem, também é um item que se destaca. Nesta versão de cabina, o avançado caminhão é equipado ainda com o exclusivo ar-condicionado noturno, que funciona com o motor desligado. Na versão Megaspace Segurança, o Actros apresenta ainda uma série de componentes, alguns deles exclusivos, como o sistema de orientação de faixa de rolagem, controle de proximidade, assistente ativo de frenagem e freio eletrônico com ABS e ASR, além de retarder.

Os cavalos-mecânicos Actros 2546 6×2 e Actros 2646 6×4 são equipados com motor de 456 cv e permitem a utilização de diversos tipos de semirreboques, como carga seca aberta, furgão, sider, graneleiros, tanques de líquidos e gases, porta-conteiner e outros.
O Cavalo-mecânico Actros 2546 6×2 continua sendo oferecido também na já conhecida versão “multiuso” para aplicações mais severas, com câmbio PowerShift 2 G330 e eixo traseiro com redução nos cubos.