683Desde o início desse ano a RTE Rodonaves exige a apresentação das carteiras de vacinação nos exames de admissão de motoristas e dos mais de 300 profissionais contratados. Atualmente, por meio de uma parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão Preto/SP, a empresa irá disponibilizar 100 doses da vacina aos colaboradores que ainda não foram imunizados contra a doença, no próximo sábado (16/02). A empresa explica que mantêm filiais e unidades em sete Estados brasileiros, além do Distrito Federal. Na região centro-oeste se localiza a maior parte dos focos de febre amarela.

A vacina contra a febre amarela é gratuita, pode ser encontrada nos postos de saúde e vale por dez anos, mas a pessoa deve ficar atenta à carteira de controle de vacinas para manter a proteção contra outras doenças. Até a primeira semana de fevereiro, o Ministério da Saúde havia notificado 51 casos suspeitos de febre amarela silvestre. Desse total, 25 casos foram confirmados e resultou em 13 mortes. Os prováveis locais de infecção são áreas silvestres de Goiás, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

De acordo com o Ministério da Saúde, desde dezembro de 2007 foram distribuídas 11,5 milhões de doses de vacinas contra febre amarela no Brasil, das quais 6,4 milhões foram aplicadas somente em janeiro de 2008.