As autoridades portuárias de Los Angeles, nos Estados Unidos, contrataram a Unisys para projetar e gerenciar um sistema de controle de acesso e identificação, usando tecnologias de cartões inteligentes e biometria. A iniciativa visa identificar trabalhadores que precisam de acesso a áreas restritas do porto.  O contrato de três anos faz parte do programa de credenciais de identificação de trabalhadores da área de transporte (do termo em inglês TWIC), um esforço conjunto da Administração de Segurança de Transporte dos Estados Unidos (TSA) e da Guarda Costeira norte-americana para ajudar a proteger o sistema de transporte marítimo do país. Ele foi estabelecido sob o Ato de Segurança de Transporte Marítimo de 2002, que busca um programa de segurança amplo e consistente para que os portos do país identifiquem e detenham ameaças.

De acordo com o contrato, a Unisys irá planejar, desenvolver e gerenciar um teste de campo do novo sistema, e ajudará os operadores de terminais participantes a integrarem sistemas de controle de acesso preparados para o TWIC, usando uma credencial resistente à adulteração ou um cartão inteligente. O cartão incluirá um componente biométrico – modelo de impressões digitais – e uma fotografia digital, os quais serão integrados ao sistema de controle de acesso de cada operador de forma transparente, e que permitirá aos oficiais de segurança dos portos identificar todos os trabalhadores que têm acesso a áreas restritas.