Caminhoneiro autônomo ou empregado? Qual é a melhor opção? A resposta está diretamente ligada as vantagens e desvantagens de cada opção.

Antigamente, ser autônomo era o sonho da maioria dos motoristas que estavam começando na profissão. A sensação de liberdade, de poder decidir a rota, locais de parada e horários eram os principais atrativos para se ter o próprio caminhão. Além disso, o autônomo pode prestar serviços para uma ou mais empresas e aumentar o seu faturamento.

Porém, as diversas mudanças ocorridas no setor de transporte através dos anos, levou muitos autônomos a pensarem e até trocarem a suposta liberdade por um emprego com carteira assinada. Quem trabalha registrado conta com salário fixo todo mês, direitos como 13º salário, férias anuais e plano de saúde, entre outros benefícios. Porém, a jornada de trabalho é determinada pela empresa, o que muitas vezes pode significar cargas horárias puxadas.

Vamos as vantagens e desvantagens de ser caminhoneiro autônomo ou empregado

2. Empregado

Vantagens: 

1- Carteira Assinada

2- Direitos trabalhistas como: 13º salário, férias anuais, entre outros direitos trabalhistas.

3- Salário fixo

4- Jornada de trabalho estabelecida: evitando dirigir horas excedentes

5- Mais segurança

Desvantagens:

1-  Cumprir jornadas fixas de viagem

2- Falta de liberdade para decidir a rota

3- Sem flexibilidade nos horários

4- Impossibilidade de negociar o próprio frete

5- Ganhos mais baixos

1. Autônomo

Vantagens

1- Possibilidade de negociar o frete

2- Prestação de serviços para uma ou mais empresas

3- Determinar a rota mais adequada para cada viagem

4- Horário flexível

  1. Ser dono do seu próprio negócio

Desvantagens

1- Assumir custos como manutenção, diesel

2- Sem nenhum direito trabalhista

3- Preocupação com as obrigações fiscais

4- Insegurança

5- Responsáveis por imprevistos na estrada

Nas próximas matérias você vai saber como se organizar para ter o seu próprio negócio e entender como é a rotina dos caminhoneiros empregados