Quando um Pneu é montado em aro com medida, tipo ou tamanho incorretos, é forçado a assumir posições anormais e fica mal assentado. A montagem inadequada gera vários problemas, tais como: fadiga prematura, deformações nos talões, perda da integridade da carcaça para futuras reformas e no caso do pneu sem câmara, perda da pressão de ar. Por isso, antes de proceder a montagem de um conjunto pneu-aro é necessário verificar se o aro cumpre uma série de dimensões(largura, comprimento, e raios) cujos valores estão especificados nos manuais de entidades normatizadoras como a ALAPA, Associação Latino Americana de Pneus e Aros.

Deve-se ter cuidado especial de não tentar recuperar aros ou anéis, recorrendo à solda. A solda é um procedimento simples, porém de alto risco quando aplicada em peças submetidas a esforços, já que ocasiona tensões residuais, podendo provocar a ruptura da peça. Antes de proceder a montagem de um pneu, o aro deve ser inspecionado e deve estar, limpo, especialmente na área de assentamento dos talões. Essa inspeção deve contemplar uma análise criteriosa no que diz respeito a trincas e amassados. Tanto a montagem como a desmontagem de conjuntos são operações críticas e perigosas e só deve ser feita por pessoas treinadas e qualificadas.

Existem hoje em dia ferramentas, máquinas, lubrificantes e procedimentos específicos para montagem e desmontagem de pneus que preservam a carcaça para futuras reformas, diminuindo assim o custo por quilômetro rodado.

Devido ao alto custo de um pneu, os cuidados com esse item devem ser criteriosamente observados pois qualquer descuido no seu manuseio, pode ocasionar sua perda quando estiver em trabalho, e muitas vezes a perda de um pneu é creditada a outros fatores. Muitas vezes a perda de uma carcaça é provocada pela montagem ou desmontagem incorreta do conjunto pneu/aro. No mês que vem vamos focar na montagem de um conjunto Pneu/Aro com câmara de ar e protetor. Esse Boletim Técnico é de responsabilidade do Consultor

na Área Automotiva Pesada, Guilherme Junqueira Franco, que tem a formação TTS – Truck Tire Specialist (Especialista em Pneus de Caminhão).
Dúvidas poderão ser tiradas pelo e-mail [email protected]

Até o próximo mês.