O banco oficial da Mercedes-Benz no Brasil, banco DaimlerChrysler, fechou o primeiro semestre com R$ 1,061 bilhão em carteira, com destaque para o Finame, com crescimento de 35% sobre o mesmo período do ano passado, representando R$ 698 milhões e 66% das operações realizadas. Já o financiamento de veículos usados cresceu 18,69%, sendo R$ 228 milhões contra R$ 192 milhões registrados em 2002. Esse valor representou 21,3% das vendas da montadora. O financiamento de caminhões cresceu 27,52%, representando 2.466 unidades comercializadas e volume de R$ 187 milhões.